Escoliose

Escoliose

TIPOS DE ESCOLIOSE
Não Estruturadas
Escolioses posturais: frequentes em adolescentes, as curvas são leves e desaparecem por completo com a flexão da coluna vertebral ou bem com o decúbito.

Escolioses secundárias e dismetria: a diferente longitude dos membros inferiores levam a uma obliqüidade pélvica e secundariamente a uma curva vertebral.
Estruturadas
Escoliose idiopática: hereditária na maioria dos casos. Provavelmente se trata de uma herança multifatorial. É o grupo mais frequente das escolioses. Há três tipos:

1. Infantil – antes dos três anos de idade: geralmente são muito graves, pois ao final do crescimento podem vir a apresentar uma angulação superior a 100 graus.

2. Juvenil - desde os três até os 10 anos.

3. Adolescente - desde os 10 anos até a maturidade: Após a primeira menstruação e ao final da puberdade antes da maturidade óssea completa.

Congênita

Provavelmente não é hereditária; resultado de uma alteração ocorrida no período embrionário.


O tratamento é realizado por meio de observação, uso de coletes e cirurgias, cada qual com suas respectivas indicações. Parâmetros como ângulo COBB, maturidade esquelética e a flexibilidade da curva são imprescindíveis para um bom diagnóstico.

 

Para um correto diagnóstico e orientação,  necessário a avaliação de um profissional especializado em coluna.

TRATAMENTOS POSSÍVEIS
RPG
Fisioterapia

Rua Coelho Lisboa, 23 - Tatuapé - SP - Praça Silvio Romero

São Paulo - Brasil

Tel: (11) 3459-4540 / (11) 3467-0607 

WhatsApp (11) 98242-1591